Apresentação

Bem-vindo ao Programa de Pós-Graduação em Informática (PPGI) da Ufes

  • Sob o ponto de vista técnico, um sistema de informação pode ser definido como um conjunto de componentes inter-relacionados que coleta, processa, armazena e distribui informações. Sob o ponto de vista organizacional, um sistema de informação é uma solução baseada em tecnologia de informação visando apoiar organizações tanto em suas atividades cotidianas quanto em suas tomadas de decisão.

    O desenvolvimento de sistemas de informação envolve diversos aspectos que vão desde o entendimento do domínio a ser considerado pelo sistema até sua utilização pelas organizações. Nesse sentido, a linha de pesquisa Sistemas de Informação inclui a investigação de temas relacionados ao desenvolvimento de diversos tipos de sistemas de informação, levando-se em consideração as particularidades dos diferentes tipos de organizações às quais os sistemas se destinam.

    Para isso, são desenvolvidas pesquisas relacionadas aos seguintes temas:

    **Engenharia de Software:** aborda temas relacionados às tecnologias, metodologias e ferramentas para o desenvolvimento e manutenção de software. Inclui pesquisas que abordam, principalmente: processos de software, qualidade de software, medição de software, controle estatístico de processos, gerência de conhecimento, gerência de projetos e ambientes de desenvolvimento de software.

    **Modelagem Conceitual e Ontologias:** investiga o desenvolvimento e aplicação de ontologias de domínio, ontologias de fundamentação e técnicas baseadas em ontologias em vários contextos da modelagem conceitual, tais como: modelagem de informações, modelagem organizacional, arquiteturas corporativas, interoperabilidade semântica, sistemas baseados em agentes e web semântica.

    **Bancos de Dados:** inclui a investigação de técnicas, métodos e ferramentas para armazenamento de dados, recuperação de informações, mineração de dados, integração de dados, descoberta de conhecimento e sistemas de recomendação.

    **Informática na Educação:** aborda o desenvolvimento e aplicação de ferramentas, técnicas e metodologias para o ensino-aprendizagem. Inclui trabalhos relacionados a ambientes virtuais de aprendizagem, educação a distância, sistemas de tutores inteligentes e linguagens para representação do conhecimento.

    **Professores atuantes neste linha de pesquisa:**

    - [Davidson Cury](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id=23)
    - [Eduardo Zambon](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id...)
    - [Giancarlo Guizzardi](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id...)
    - [João Paulo Andrade Almeida](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id...)
    - [Monalessa Perini Barcellos](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id...)
    - [Orivaldo de Lira Tavares](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id=2)
    - [Renata Silva Souza Guizzardi](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id...)
    - [Ricardo de Almeida Falbo](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id=24)
    - [Vítor Estêvão Silva Souza](http://www.informatica.ufes.br/pos-graduacao/PPGI/detalhes-de-pessoal?id...)

    _____________________________________________________________________________________________________________________________

  • Inteligência Artificial é a área da ciência que visa construir sistemas computacionais inteligentes para resolver problemas através do desenvolvimento e uso de algoritmos que as tornem capazes de tomar decisões, raciocinar e aprender. Nesta linha de pesquisa, estamos interessados em investigar modelagens matemático-computacionais para resolver problemas práticos sofisticados e difíceis, com destaque para aqueles que envolvem sistemas robóticos que atuam no mundo real e virtual. Existem várias subáreas de estudo dentro da Inteligência Artificial e Robótica, podendo-se citar como exemplo: sistemas lógicos (lógica clássica, lógica temporal, lógica nebulosa, etc.); redes neurais; computação natural e evolutiva; sistemas de visão computacional; robôs autônomos; recuperação inteligente de informação; entre outras.

  • Nesta linha de pesquisa estamos interessados em investigar conceitos, metodologias e técnicas aplicados às Redes de Computadores, Sistemas Multimídia e Web, Computação Pervasiva e Interação com Sistemas Computacionais. As pesquisas atualmente desenvolvidas pelos professores envolvidos nesta linha têm interesse nos seguintes tópicos:
    Redes de Computadores: (1) Metodologias e Técnicas de Concepção, Análise e Projeto de Redes; (2) Infraestrutura de Redes, Redes Sem Fio, Redes de Sensores e Redes Móveis; (3) Arquiteturas de Redes: Redes Centradas na Informação (ICN, ou Information Centric Networks), Redes Definidas por Software (SDN, ou Software-Defined Networking), Redes de Centros de Dados (DCN, ou DataCenter Networking); (4) Virtualização de Redes; (5) Computação em Nuvem (6) Avaliação de Desempenho, Medição, Monitoramento, Gerenciamento de Redes; (7) Aplicação de Técnicas de Aprendizado de Máquina e Inteligência Artificial em problemas de Redes.
    Sistemas Multimídia e Web: (1) Concepção, Desenvolvimento e Avaliação de Aplicações Multimídia e Mulsemedia (multiple sensorial media); (2) Interação Humana com Sistemas Computacionais, Qualidade de Experiência (QoE ou Quality of Experience) e Qualidade de Uso de Sistemas; (3) Human-centred e-systems; (4) Concepção, Desenvolvimento e Avaliação de Ambientes Inteligentes baseados em Internet das Coisas (IoT, ou Internet of Things), Computação Pervasiva e Computação Móvel; (5) Sistemas Colaborativos, Crowdsourcing, Social Web; (6) Sistemas de Recomendação, Visualização de Informação, Personalização, Acessibilidade.

  • A linha de pesquisa em Otimização e Modelagem Computacional reúne pesquisadores, professores, alunos de graduação e pós-graduação envolvidos em projetos de pesquisa em duas áreas da Matemática Aplicada: Otimização e Modelagem Computacional, possuindo interseções com as áreas de Inteligência Computacional e Computação de Alto Desempenho.
    Na área de Otimização são realizadas pesquisas em Otimização Combinatória, tais como o desenvolvimento de modelos de logística e otimização para o setor produtivo, programação matemática, implementação e adaptação de heurísticas e meta-heurísticas, estudo de problemas e algoritmos em grafos, dentre outras.
    Na área de Modelagem Computacional são realizadas pesquisas dos mais diversos fenômenos englobando áreas tão abrangentes quanto as engenharias, ciências exatas, biológicas, humanas, economia e ciências ambientais. As pesquisas conduzidas pelo grupo abrangem desde a descrição matemática dos problemas até a criação de sistemas computacionais para a implementação eficiente das soluções encontradas.
    As principais linhas de investigação incluem: Heurísticas e meta-heurísticas; Programação Matemática; Algoritmos em Grafos; Computação Evolutiva; Redes de Transporte; Computação Científica Combinatória; Métodos numéricos aplicados; Soluções numéricas de equações diferenciais; e Formulações estabilizadas do método de elementos finitos.

O Programa de Pós-Graduação em Informática da UFES (PPGI), iniciou as suas atividades em 1994, com a implantação do curso de Mestrado em Informática. O PPGI, mediante a conjugação de esforços aplicados ao ensino e à pesquisa, foi criado com os seguintes objetivos:

  • (i) Formar, no estado do Espírito Santo, professores e pesquisadores para atuarem na área de informática em instituições de ensino e de pesquisa locais e nacionais;

  • (ii) Oferecer formação tecnológica altamente especializada para empresas e instituições públicas estaduais e nacionais localizadas no estado;

  • (iii) Contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico na área de computação no estado do Espírito Santo;

  • (iv) Agregar um corpo de pesquisadores da área de computação na UFES visando ao desenvolvimento de pesquisas nos diversos campos da informática.

O programa tem sua sede em Vitória-ES, oferecendo o curso de Mestrado em Informática desde 1994 e o curso de Doutorado em Ciência da Computação desde 2010 e mantém um perfil de qualificação acadêmica atestado pela CAPES, tendo recebido conceito 4 na última avaliação.

O programa já formou 399 mestres e 32 doutores e conta com 115 alunos regularmente matriculados, sendo 67 no mestrado e 48 no doutorado.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910