Rede GIGA: Implantação e utilização de um GRID de 1TFLOP/s

Resumo: A maioria dos sucessos alcançados ultimamente em computação em grade (grid computing) está relacionada com problemas que requerem muito pouca comunicação entre processos, por exemplo, aplicações onde um mesmo programa precisa analisar, de forma independente de outras instancias do mesmo, uma grande quantidade de dados, como Genoma, SETI@Home, etc. Essa classe de aplicações, contudo, é pequena em comparação com classes mais gerais em que aplicações requerem um grau bem maior de comunicação. Incluem-se aí aplicações de uma variedade de áreas multidisciplinares, como simulação científica, engenharia, economia, bio-informática, petróleo, física de alta energia, dinâmica de fluidos computacional, etc. O tempo de execução e a robustez das aplicações com comunicação entre processos pode ser influenciado por demais pelo escalonamento definido e pelos mecanismos de tolerância à falhas adotados. Devido à complexidade da modelagem e previsão do comportamento de uma grade, a classe de aplicações com comunicação intensiva não tem sido abordada em estudos recentes em grades computacionais, não sendo considerada viável para ser executada em tais ambientes. Neste projeto (Projeto GIGA) estaremos trabalhando na solução de uma classe maior de problemas (incluindo aplicações que até então eram consideradas impraticáveis) que podem tirar benefícios de computação em grades, mas também podem fazer isso numa infra-estrutura de recursos computacionais já implantados, conectados por uma rede de alta velocidade, necessária para prover a demanda requisitada por tais aplicações. Até problemas que antes não podiam ser resolvidos por razões relacionadas principalmente à falta de recursos (devido, por exemplo, à impossibilidade financeira de uma só instituição adquirir recursos suficientes para executar aplicações que requerem um alto poder computacional) poderão agora ser atacados. Para isso, formamos um grupo de trabalho para a implantação da Grade Sinergia, que unirá máquinas de 7 instituições brasileiras e uma americana: UFF / Departamento de Computação, PUC-RJ / Departamento de Informática, CBPF / Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, UNICAMP / Instituto de Computação, LNCC / Laboratório Nacional de Computação Científica, UFES / Departamento de Hidráulica e Saneamento, U.I. / University Of Illinois At Urbana-Champaign. Utilizando os recursos computacionais disponíveis nas instituições participantes deste projeto, uma grade de desenvolvimento de aproximadamente 1TFLOP/s de pico será estabelecida e utilizada por pesquisadores para o desenvolvimento de aplicações relevantes. O projeto GIGA é apoiado pela RNP, chamada No. 01/2004.

Data de início: 2004-08-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Alberto Ferreira De Souza
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910