Estudo de Alternativas de Mapeamento de Ontologias da Linguagem OntoUML para OWL: Abordagens para Representação de Informação Temporal

Nome: Veruska Carretta Zamborlini
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 20/01/2011
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Giancarlo Guizzardi Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Daniel Schwabe Examinador Externo
Flávio Miguel Varejão Examinador Interno
Giancarlo Guizzardi Orientador

Resumo: O uso de ontologias para representação do conhecimento acerca de um domínio tem crescido na computação, especialmente no contexto da Web Semântica. Entretanto, observa-se uma forte tendência em priorizar a eficiência computacional em detrimento da qualidade da representação, deixando de lado importantes características do domínio, como aspectos temporais. De fato, a linguagem OWL, padrão adotado na Web Semântica, não permite, em princípio, a representação de informação temporal. As principais estratégias propostas na literatura para resolver este problema, as abordagens Perdurantista 4D e de Reificação Temporal, não provêem suporte para apoiar as decisões do modelagem, deixando a responsabilidade nas mãos do usuário. Neste contexto, este trabalho objetiva, através da aplicação de resultados vindos da disciplina filosófica de Ontologia Formal, fundamentar tais abordagens para representação de informação temporal em OWL, provendo uma estrutura-base ontologicamente fundamentada e diretrizes para guiar sua utilização, avaliando e comparando as alternativas propostas. Ademais, uma vez que não é tarefa trivial a aplicação direta das noções ontológicas, observa-se que, utilizando-se uma linguagem de modelagem que as incorpore, é possível definir mapeamentos sistemáticos a partir desta linguagem para OWL de tal forma que se permita a geração automática de modelos num processo de Engenharia de Ontologias. Assim, outro objetivo deste trabalho é propor alternativas de mapeamentos entre a linguagem nível ontológico OntoUML e a linguagem de nível epistemológico OWL. Realiza-se ainda um estudo de caso no domínio de Eletrocardiografia, aplicando-se uma das alternativas para codificar automaticamente uma ontologia de referência de ECG, seguindo-se um processo de Engenharia de Ontologias, permitindo representar a informação temporal. Por fim, os resultados obtidos neste trabalho são relevantes no contexto de Engenharia de Ontologias por prover mapeamentos sistemáticos que, uma vez implementados, permitem que a codificação da ontologia de referência seja realizada de forma automatizada e eficiente, preservando a qualidade do modelo de referência e evitando erros decorrentes do processo de codificação manual; e, além disso, permitem contornar a limitação da linguagem OWL quanto à representação da informação temporal.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910