Definição de Processos Baseada em Componentes

Nome: Bruno Marques Segrini
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 28/08/2009
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ricardo de Almeida Falbo Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Carlos Alberto Marques Pietrobon Examinador Externo
Davidson Cury Examinador Interno
Ricardo de Almeida Falbo Orientador

Resumo: Definir processos de software não é uma tarefa trivial. Uma abordagem utilizada frequentemente para definição de processos é a definição de processos em níveis, na qual são definidos processos padrão organizacionais, os quais são instanciados para projetos, originando os processos de projeto. Embora essa abordagem se baseie na reutilização de processos, ela não explora amplamente as possibilidades de reúso de processos.
Uma alternativa para tentar amenizar as dificuldades na definição de processos é trazer para a o domínio de processos de software as ideias do Desenvolvimento de software Baseado em Componentes (DBC). Este trabalho propõe uma abordagem intitulada Definição de Processos Baseada em Componentes (DPBC), a qual procura institucionalizar o reúso de processos ou de partes deles, tratados como componentes de processo. Esses componentes de processo podem ser definidos no nível de abstração de processos padrão e em variados níveis de granularidade, podendo ser utilizados na definição de outros componentes de processo ou na definição de processos de projeto.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910